SEM GRILHETAS NEM SENSURA

SEM GRILHETAS NEM SENSURA

NOTA:

NESTE BLOGUE, todos os títulos possuem hiperligação relacionada no YOUTUBE.

AOS AMANTES DO CONHECIMENTO E DA VERDADE OBJECTIVA

A TODOS AQUELES QUE GOSTAM DE VER E DE SABER PARA ALÉM DA SUBJECTIVIDADE E DA VERDADE OCULTA.

PESQUISAR NESTE BLOGUE

PORTAL DE AGOSTINHO DA SILVA

PORTAL DE AGOSTINHO DA SILVA
O FILOSOFO DE PORTUGAL

quinta-feira, 15 de julho de 2010

OS DEUSES GREGOS E ROMANOS

A mitologia grega é bastante rica em termos de contos e explicações da origem do mundo, a tudo atribuindo os poderes dos deuses gregos, que segundo a crença geral, moravam no Monte Olimpo.
Dizem as lendas gregas que, no princípio, havia somente o grande Caos, do qual surgiram os Velhos Deuses, ou Titãs, dirigidos pelo deus Cronos (Tempo). Zeus era um filho de Cronos e chefiou a rebelião da nova geração dos deuses - chamados Deuses Olímpicos - que dominaram a Grécia em toda a sua época clássica. Os principais deuses olímpicos são:
Zeus (Zeus para os gregos e Júpiter para os romanos)

É o deus principal, governante do Monte Olimpo. Rei dos deuses e dos homens, era o sexto filho de Cronos. Como seus irmãos, deveria ser comido pelo pai, mas a mãe deu uma beberagem a Cronos e este vomitou novamente o filho; este e os seus irmãos, também vomitados na mesma hora, uniram-se contra o pai, roubaram os raios e venceram a batalha. Os raios, fabricados pelo deus Hefaistos, eram o símbolo de Zeus.
Palas Atena ou Atenéia (Palas para os gregos e Minerva para os romanos)
Deusa virgem, padroeira das artes domésticas, da sabedoria e da guerra. Palas nasceu já adulta, na ocasião em que Zeus teve uma forte dor de cabeça e mandou que Hefaistos, o deus ferreiro, lhe desse uma machadada na fronte; daí saiu Palas Atena. Sob a protecção dessa deusa floresceu Atenas, na sua época áurea. Dizia-se que ganhou a devoção dos atenienses quando presenteou a humanidade com a oliveira, árvore principal da Grécia.
Apolo (Apolo para os gregos)
Deus do sol e patrono da verdade, da música, da medicina e pai da profecia. Filho de Zeus, fundou o oráculo de Delfos, que dava conselhos aos gregos através da Pitonisa, sacerdotisa de Apolo que entrava em transe devido aos vapores vindos das profundezas da terra.
Ártemis (Ártemis para os gregos e Diana para os romanos)
A Diana dos romanos, era a deusa virgem da lua, irmã gémea de Apolo, poderosa caçadora e protectora das cidades, dos animais e das mulheres. Na Ilíada de Homero, desempenhou importante papel na Guerra de Tróia, ao lado dos troianos.
Afrodite (Afrodite para os gregos e Vénus para os romanos)
Deusa do amor e da beleza, era esposa de Hefaistos e amante de Ares, a quem deu vários filhos (entre eles Fobos = Medo, e Demos = Terror). Afrodite era também mãe de Eros.
Hera ( Hera para os gregos e Juno para os romanos )
Esposa de Zeus, protectora do casamento, das mulheres casadas, das crianças e dos lares. Era também irmã de Zeus, uma das filhas vomitada por Cronos.
Démeter (Démeter para os gregos e Ceres para os romanos)
Era a deusa das colheitas, dispensadora dos cereais e dos frutos. Quando Hades, deus do inferno, levou a sua filha Perséfone como sua esposa, negou os seus poderes à terra, e esta parou de produzir alimentos; a solução de Zeus foi que Perséfone passaria um terço do ano no inferno, com o seu marido, e o restante do tempo com a sua mãe, no Olimpo. Dessa forma, Démeter abrandou a sua ira e tornou a florescer nas colheitas.
Hermes ( Hermes para os gregos e Mercúrio para os romanos )
Filho de Zeus e mensageiro dos mortais, era também protector dos rebanhos e do gado, dos ladrões, era guardião dos viajantes e protector dos oradores e escritores.
Poseidon ( Poseidon para os gregos e Neptuno para os romanos )
É o deus do mar e dos terremotos, foi quem deu os cavalos para os homens. Apesar disso, era considerado um deus traiçoeiro, pois os gregos não confiavam nos caprichos do mar.
Dionísio (Dionísio para os gregos e Baco para os romanos )
Era o deus do vinho e da fertilidade. Filho de Zeus e duma mortal, foi alvo do ciúme de Hera, que matou a sua mãe e transtornou o seu juízo. Assim, Dionísio vagueava pela terra, rodeado de sátiros e ménades. Era o símbolo da vida dissoluta.
Ares ( Ares para os gregos e Marte para os romanos )
O deus guerreiro por excelência. O seu símbolo era o abutre. Seus pais, Zeus e Hera, detestavam-no, mas era protegido por Hades, pois povoava o inferno com as numerosas guerras que provocava. A sua vida estava longe de ser exemplar - foi surpreendido em adultério com Afrodite, esposa de Hefaistos, que os prendeu em fina rede; foi ferido por três vezes por Héracles (Hércules) que era muito respeitado pelos gregos pela sua força e temperamento agressivo.
Hefaistos ou Hefesto ( Hefaistos para os gregos e Vulcano para os romanos )
Deus ferreiro, do fogo e dos artífices. Filho de Zeus e Hera, foi lançado no Olimpo por sua mãe, desgostosa por ter um filho coxo. Refugiou-se nas profundezas da terra, aprendendo com perfeição o ofício de ferreiro. Das suas forjas saíram muitas maravilhas, inclusive a primeira mulher mortal, Pandora, que recebeu vida dos deuses. Construiu no Olimpo um magnífico palácio de bronze para si próprio, e era estimado em Atenas. Para compensá-lo da sua fealdade, seu pai deu-lhe por esposa Afrodite, a deusa da beleza. Era artesão dos raios de Zeus.
Além desses deuses, que junto a muitos outros pululavam no Olimpo, haviam heróis (filhos de deusas ou deuses com mortais), semideuses, faunos, sátiros e uma infinidade de entidades mitológicas que explicavam por lendas todos os fenómenos da natureza. Entre os heróis mais populares, podemos citar:
Deucalião e Pirra  únicos sobreviventes do dilúvio que Zeus mandou ao mundo pervertido.
Héracles  ou Hércules, autor dos famosos Doze Trabalhos; era filho de Zeus e da mortal Alcmena.
Édipo  que matou a esfinge e casou-se com a sua própria mãe.
Perseu  que matou a Medusa, uma das Górgonas, e libertou a princesa Andrómeda da serpente marinha.
Cadmo  que matou um dragão e no local fundou a cidade de Tebas.
Europa  irmã de Cadmo, foi amada por Zeus que lhe apareceu sob a forma de um touro e, nas suas costas, atravessou o mar.
Jasão  chefe dos Argonautas, equipe de heróis - Héracles, Orfeu, Castor e Pólux, e outros - que navegou no navio "Argos" em busca do Tosão de Ouro.
Teseu que penetrou no labirinto de Creta e matou o Minotauro, acabando por se unificar a Ática.
Atalanta  mulher aventurosa que se casou com o ardiloso Hipomenes.
Belerofonte  que matou o monstro Quimera e domou o cavalo alado, Pégaso.
Os heróis da Guerra de Tróia, Aquiles, Heitor, Ájax, Agaménon e Ulisses, autor da ideia do cavalo de Tróia e outros.

Sem comentários: