SEM GRILHETAS NEM SENSURA

SEM GRILHETAS NEM SENSURA

NOTA:

NESTE BLOGUE, todos os títulos possuem hiperligação relacionada no YOUTUBE.

AOS AMANTES DO CONHECIMENTO E DA VERDADE OBJECTIVA

A TODOS AQUELES QUE GOSTAM DE VER E DE SABER PARA ALÉM DA SUBJECTIVIDADE E DA VERDADE OCULTA.

PESQUISAR NESTE BLOGUE

PORTAL DE AGOSTINHO DA SILVA

PORTAL DE AGOSTINHO DA SILVA
O FILOSOFO DE PORTUGAL

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Excalibur a ESPADA


Quando Uther morreu, sem deixar herdeiros, os reis da Britânia reuniram-se para escolher, entre eles, um novo Supremo Monarca… Merlin, que havia sido seu fiel conselheiro, recolhe a espada de Uther, pois crê-se responsável por encontrar um sucessor digno de manter a unidade de todos os reinos da Britânia, para continuar a empunhar a espada que os proteja.
Começa o Conselho dos Reis mas estes não se põem de acordo, reúnem-se dia após dia sem êxito, pelo que Merlin conclui que nenhum deles será capaz de deixar de lado o orgulho, a arrogância e a ambição; nem que possuem a humildade suficiente nem sede de justiça para levar a cabo tarefa tão importante.
É então que Merlin, armando-se, decide abandonar o Conselho com a espada na mão, mas antes e sem hesitar eleva-a sobre a cabeça e empunhando-a lança-a violentamente para baixo contra uma sólida rocha, tentando quebrá-la mas a espada não se parte e fica erguida enterrada na rocha até quase à empunhadura.
Alguns afirmam que apareceu uma mão que agarrou a espada e a guiou até ao interior da rocha, outros dizem que um raio de luz os cegou e que ao voltarem a ver, a espada já estava cravada. Seja como for, depois de um forte estrondo e da rocha penetrada que queimou o ar, Merlin exclamou:
" Pediram um sinal ?! ... Pois bem, aquele que tirar a espada da rocha será o autêntico Rei de Inglaterra". Dito isto Merlim retirou-se e voltou cavalgar em busca de Artur. 

Sem comentários: