SEM GRILHETAS NEM SENSURA

SEM GRILHETAS NEM SENSURA

NOTA:

NESTE BLOGUE, todos os títulos possuem hiperligação relacionada no YOUTUBE.

AOS AMANTES DO CONHECIMENTO E DA VERDADE OBJECTIVA

A TODOS AQUELES QUE GOSTAM DE VER E DE SABER PARA ALÉM DA SUBJECTIVIDADE E DA VERDADE OCULTA.

PESQUISAR NESTE BLOGUE

PORTAL DE AGOSTINHO DA SILVA

PORTAL DE AGOSTINHO DA SILVA
O FILOSOFO DE PORTUGAL

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Fortaleza de PENICHE


A Praça-forte de Peniche localiza-se na cidade de mesmo nome, no Distrito de Leiria.
Crê-se que a origem do topónimo, Peniche, possa derivar de”Phenix”, nome de uma antiga cidade na ilha de Creta, cuja configuração geográfica era semelhante à da primitiva ilha de Peniche. 
Em 1557, D. João III mandou edificar a fortaleza de Peniche, que foi acabada de construir em 1645, durante o reino de D. João IV.
A fortaleza compõe-se do Baluarte Redondo, da Torre de Vigia e da Capela de Santa Barbara. Após a sua edificação, a fortaleza teve várias utilidades. Ela serviu primeiro de praça militar até 1897.

 No início do século passado, foi utilizada como abrigo de refugiados vindos da África do Sul. Durante a primeira guerra mundial, foi uma residência de prisioneiros alemães e austríacos. Hoje ainda se pode visitar os vestígios da sua ultima função. A fortaleza serviu de prisão política do Estado Novo entre 1934 e 1974.

Desde 1984 que a fortaleza de Peniche é Museu Municipal, onde se pode observar renda de bilros, peças consagradas á pesca e à construção naval.


Sem comentários: