SEM GRILHETAS NEM SENSURA

SEM GRILHETAS NEM SENSURA

NOTA:

NESTE BLOGUE, todos os títulos possuem hiperligação relacionada no YOUTUBE.

AOS AMANTES DO CONHECIMENTO E DA VERDADE OBJECTIVA

A TODOS AQUELES QUE GOSTAM DE VER E DE SABER PARA ALÉM DA SUBJECTIVIDADE E DA VERDADE OCULTA.

PESQUISAR NESTE BLOGUE

PORTAL DE AGOSTINHO DA SILVA

PORTAL DE AGOSTINHO DA SILVA
O FILOSOFO DE PORTUGAL

domingo, 18 de abril de 2010

OS OSTROGODOS

O reino ostrogodo, que se estendia do mar Negro até ao Báltico, alcançou o apogeu com Ermanarico. Porém, por volta do ano 370 foram dominados pelos Hunos.

Em 455, o império huno entrou em colapso com a morte do seu líder «Atila, O Huno».

Os ostrogodos invadiram o Danúbio central e seguiram para a Itália, onde o imperador Rómulo Augústulo (Flavius Romulus Augustus) havia sido derrotado (476) por Odoacro, chefe dos Hérulos. O rei ostrogodo Teodorico I , O Grande, derrotou Odoacro (493) e governou a Itália até à sua morte em 526.

Teodorico foi um governante hábil, homem culto, educado na corte de Constantinopla, que soube conservar o equilíbrio entre as instituições imperiais e as tradições bárbaras. Conseguiu a simpatia da aristocracia romana e do povo, que assistia satisfeito à realização de obras públicas para a reconstrução e modernização de Roma. Ao que parece, Teodorico alimentava o projecto de fundar um império godo que impusesse o seu domínio sobre o resto do mundo bárbaro. Para isso, manteve contacto com outras tribos godas e estabeleceu vínculos familiares com os francos, os vândalos e os Burgúndios. A sua morte criou um intrincado problema de sucessão, facto de que se valeu o imperador bizantino Justiniano para intervir na Itália.

O exército romano oriental, sob o comando de Belisário, derrotou completamente os ostrogodos, dirigidos por seu novo rei Totila, cujo nome original era Baduila. Os sobreviventes dispersaram-se ou foram reduzidos à escravidão.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Totila

http://pt.wikipedia.org/wiki/Reis_bárbaros_de_Roma


Sem comentários: